Câmara de Comércio França Brasil

Notícias
  1. CCIFB
  2. Notícias
  3. Atualidades das Câmaras
  4. Oportunidades de investimento no Estado de São Paulo

Oportunidades de investimento no Estado de São Paulo

Estreitar as relações entre as autoridades e as câmaras de comércio é um dos grandes desafios das equipes de governo do Estado de São Paulo. A frase é de Ana Paula Fava, assessora especial para assuntos internacionais do governo do Estado de São Paulo, que participou no dia 18 de agosto, da comissão de Comércio Exterior da Câmara de Comércio França- Brasil (CCIFB-SP).

 “O estado de São Paulo oferece um gama enorme de possibilidades de investimentos que precisam chegar ao conhecimento do setor privado”, disse Ana Paula. “São Paulo reúne 50% dos fornecedores nacionais de serviços e equipamentos, possui 55% da matriz energética renovável, é o maior produtor mundial de cana de açúcar e representa 28% do Produto Interno Bruto (PIB) do setor de construção civil”, explicou.

 Um dos destaques apresentados foi o Investe São Paulo - Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade - organização social (OS) ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI) por meio de contrato de gestão. “A agência tem como desafio desenvolver o Estado de São Paulo por meio da promoção de investimentos, aumento das exportações, incentivo à inovação e melhoria do ambiente de negócios”, enfatizou Ana Paula. “Desde o início da iniciativa em 2014 já foram investidos R$ 39,7 bilhões em 175 projetos, com a criação de cerca de 70.800 novos empregos”, sinalizou.

De acordo com Pedro Ranciaro, assessor da área de Cooperação Internacional do governo do Estado de São Paulo, por meio das Parcerias Público Privadas (PPPs) e das concessões, as empresas podem realizar investimento em diferentes setores da economia. “É importante trazermos players internacionais para fomentar o desenvolvimento de projetos em área como a de infraestrutura”, afirmou. “Hoje os editais são lançados em português e em inglês e o prazo para apresentação dos projetos também foi ampliado de modo a atender o investidor global”, ressaltou Ranciaro.

Confira abaixo 12 setores estratégicos com forte potencial para atração de novos investimentos:

Aeroespacial e Defesa – Maior polo aeroespacial da América Latina, São Paulo responde por 73% das unidades locais, 95% do pessoal ocupado e 96% do valor da transformação industrial do setor aeronáutico brasileiro.

Agronegócios – Com expressiva participação na balança comercial brasileira, São Paulo é o maior produtor mundial de Laranja e Cana-de-Açúcar, destacando-se ainda na produção de Carne Bovina e outros produtos agrícolas.

Alimentos – São Paulo está entre os principais produtores de alimentos industriais do mundo, concentrando cerca de 35,5% da produção industrial de alimentos no Brasil. Além disso, é referência no comércio e na prestação de serviços no setor.

Automotivo – 15º maior produtor de veículos do mundo, o Estado de São Paulo é berço da indústria automobilística do Brasil, concentrando mais de 41% das fábricas do complexo automotivo nacional.

Economia Verde – Maior mercado de economia verde do País, 142 mil empresas atuam no setor em São Paulo, empregando 1,6 milhão de pessoas, com destaque para os setores de Biocombustíveis e Energias Renováveis.

Máquinas e Equipamentos – São Paulo responde por 57% do valor da transformação industrial e 49% do pessoal ocupado (cerca de 288 mil empregados) no Brasil, desempenhando um papel de vanguarda na geração de novas tecnologias.

Mercado Imobiliário – Com mais de 90% de sua população concentrada em áreas urbanas, São Paulo dispõe de 20% do total de habitantes do Brasil e representa 28% do PIB nacional da construção civil.

Pesquisa e Desenvolvimento – Com uma das melhores estruturas da América Latina, São Paulo dispõe de uma rede intensiva de universidades, centros de pesquisa, incubadoras e parques tecnológicos, respondendo por 86% dos investimentos recebidos no setor.

Petróleo e Gás Natural – Além de abrigar 34% dos fornecedores nacionais de equipamentos e serviços voltados para o setor, São Paulo conta com cinco refinarias que representam 42,7% da capacidade do País e um enorme potencial extrativo com as descobertas no pré-sal.

Saúde e Ciências da Vida – Líder no setor e com excelente estrutura de pesquisa e mão de obra qualificada, São Paulo abriga 38% das empresas de biociências e 71% da indústria Farmacêutica do Brasil, bem como 53% do total de pessoas que trabalham no setor.

Serviços Financeiros – São Paulo concentra mais de 31% das agências bancárias e 32% das operações de crédito no Brasil. A capital do Estado abriga a BM&FBovespa, uma das cinco maiores bolsas de valores do mundo.

Tecnologia da Informação e Comunicação – Maior polo de tecnologia da informação e comunicação (TIC) do Brasil, São Paulo concentra 41% da indústria nacional de equipamentos de informática, além de uma ampla oferta de serviços voltados para computadores, tablets e smartphones.

São Paulo

Voltar à lista