Câmara de Comércio França Brasil

Notícias
  1. CCIFB
  2. Notícias
  3. Atualidades das Câmaras
  4. Coppe e Embrapii recebem delegação de empresas associadas e parceiros da área científica

Coppe e Embrapii recebem delegação de empresas associadas e parceiros da área científica

Para marcar o lançamento da Comissão de PD&I e dar continuidade à agenda de ações focada em estimular a aproximação do meio empresarial ao da pesquisa e inovação, a CCI França-Brasil (RJ) promoveu, em parceria com a Coppe (Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia) e Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial), a visita de empresas associadas e parceiros da área científica ao Parque Tecnológico da UFRJ. A iniciativa destacou oportunidades de cooperação.

 “Sabemos que as empresas possuem áreas de pesquisa com temas que muitas vezes são transversais. Nosso papel é refletir juntamente com o setor acadêmico-científico sobre como promover a melhor sinergia no processo de Pesquisa e Desenvolvimento, e contribuir para a eficácia na interação entre o mundo empresarial e a academia”, ressaltou Maxime Rabilloud, presidente da CCI França-Brasil, ao abrir o encontro.

Com mais de 50 anos de atuação, 13 programas de Pós-Graduação em diferentes áreas da Engenharia, e cerca de 120 laboratórios, a Coppe representa um dos mais importantes parques tecnológicos do país, articulando-se em frentes de pesquisa, ensino, inovação e cooperação. “Hoje temos um número significativo de projetos em colaboração com a França. É extremamente importante promover encontros como este para estimular as relações entre os dois países e promover a troca entre empresas e a área acadêmica”, destacou Edson Watanabe, diretor da Coppe/UFRJ. 

Os programas específicos voltados à inovação foram incorporados mais recentemente pela instituição e, atualmente, estão em fase de ampliação, explicou Fernando Rochinha, diretor de Tecnologia e Inovação: “Queremos ampliar os ambientes de startups para estimular a inovação e o envolvimento de alunos”.  

Angela Uller, coordenadora geral da Embrapii no Rio de Janeiro, apresentou os modelos de financiamento da instituição para apoio à promoção de P&D na indústria. Criada em 2014, a Embrapii destina recursos financeiros às empresas estabelecidas no Brasil que desejam realizar projetos em parceria com universidades. São 32 unidades que operam no país para contribuir com o desenvolvimento econômico e a cooperação. “O objetivo é potencializar a força competitiva do setor empresarial por meio da inovação. Os financiamentos são de até 33% do valor do projeto, podendo chegar a 50% em casos que não são necessários recursos da ANP”, explicou. 

O encontro ainda promoveu a visitação a três laboratórios ligados aos programas de pesquisa da instituição: LAMCE – Laboratório de Métodos Computacionais em Engenharia; LNDC – Laboratório de Ensaios Não Destrutivos, Corrosão e Soldagem; e LEAD – Laboratório de Controle e Automação, Engenharia de Aplicação e Desenvolvimento. 

Rio de Janeiro

Voltar à lista