Câmara de Comércio França Brasil

Notícias
  1. CCIFB
  2. Notícias
  3. Atualidades das Câmaras
  4. Novas tecnologias e os impactos no mercado de trabalho e carreiras

Novas tecnologias e os impactos no mercado de trabalho e carreiras

“Todos os dias são desenvolvidas novas tecnologias que em cinco meses serão capazes de impactar mudanças em nossa realidade. A velocidade das transformações é exponencial hoje”. 

O alerta é do pesquisador de tendências de consumo e comportamento, Jean-Christophe Bonis, que a convite da Comissão Digital da CCIFB do Rio, ministrou uma palestra sobre o impacto das novas tecnologias no mercado de trabalho e carreiras. O encontro foi realizado no espaço Médiathèque do Consulado da França do Rio de Janeiro, e teve como mediadores dos membros de Comissões da CCIFB: Xavier Leclerc (Mox Digital) e Pascaline Dalby (SAFRAN). 

Para Bonis, a inteligência artificial irá alterar todo o modelo de trabalho que conhecemos atualmente. O ponto-chave para essa transição ser bem sucedida é a educação. “Líderes de todo mundo precisam preparar a população para mudanças e não estamos falando de uma transformação para daqui um século. Até 2037, robôs e computadores desafiarão a inteligência humana”.

Neste cenário, o pesquisador acredita que o trabalho deverá tornar-se mais flexível, sem a necessidade de ser desempenhado em cidades ou países fixos. A colaboração irá ganhar força. “Nossa rotina de trabalhado não será a mesma. Carreiras longas serão extintas. As pessoas serão mais independentes e irão desempenhar mais atividades como freelancer”.

Outro ponto observado pelo especialista é a redefinição dos critérios para avaliação de desempenho e produtividade no ambiente de trabalho. “Em uma sociedade flexível, precisamos entender se os projetos e pessoas estão no caminho certo para trazer resultados”. 

O profissional explicou que ferramentas digitais serão cada vez mais utilizadas para avaliar dados relacionados à interação de grupos. “A tendência do “People analytics” irá se difundir com objetivo de analisar como as pessoas irão interagir não só para alcançar seus objetivos dentro da empresa, mas para desenvolver assertivamente habilidades”. 

Rio de Janeiro

Voltar à lista