Câmara de Comércio França Brasil

Notícias
  1. CCIFB
  2. Notícias
  3. Atualidades das Câmaras
  4. Brasil ocupa 10ª posição no ranking mundial de mercado fotovoltaico

Brasil ocupa 10ª posição no ranking mundial de mercado fotovoltaico

Em 2017, o Brasil ingressou no ranking mundial de potência instalada solar fotovoltaica. A capacidade instalada total no país foi de 1,1 GW.  O crescimento do setor representou investimentos de R$ 5,5 bilhões e criação de cerca de 20 mil empregos, no ano passado.  

Apesar do crescimento, outros países estão avançando mais rapidamente no mercado fotovoltaico. É o que acredita a ABSOLAR – Associação Brasileira de Energia Fotovoltaica, que esteve representada pelo Vice-Presidente de Energia Centralizada, Ricardo Barros, na Comissão de Infraestrutura da Câmara.

Os primeiros colocados são China (131 GW), Estados Unidos (51 GW), Japão (49 GW) e Alemanha (42 GW). A projeção para 2026 é que o Brasil acumule 13,3 GW de capacidade instalada. “É um número muito baixo em relação ao potencial energético e de competitividade que o Brasil pode ter”, opina Barros. “A proposta da ABSOLAR é que até 2030, a gente consiga chegar a 30 GW de potência instalada, o que representaria investimentos de mais de R$ 100 bilhões e a criação de cerca de 1 milhão de empregos”, explica.

Segundo ranking nacional da ABSOLAR, o Estado de Minas Gerais ocupa a primeira posição, com 22,3% da capacidade instalada no País, seguido por Rio Grande do Sul (14,2%), São Paulo (12,7), Santa Catarina (6,3%) e Ceará (6,3%). 

Entre os benefícios da energia solar fotovoltaica estão: redução de gastos com energia elétrica, aquecimento das economias locais e nacionais, geração de energia limpa e renovável e diversificação da matriz energética brasileira.

 

Confira mais notícias aqui.

 

São Paulo

Voltar à lista