2ª Edição do Prêmio EDF Pulse Brasil reconhecerá empresas e startups nacionais com inovações em usos da eletricidade e na transição energética

Inscrições online serão abertas a partir de 2 de novembro 2020

 

O Grupo EDF está lançando a 2ª Edição do Prêmio EDF Pulse Brasil, que reconhecerá projetos inovadores de empresas e startups nacionais que contribuam para os desafios das cidades e indústrias. A iniciativa é resultado de uma parceria entre as empresas do grupo no país: Citelum, EDF Norte Fluminense, EDF Renewables e Framatome. As inscrições começam no dia 2 de novembro 2020 e vão até 8 de janeiro de 2021, pelo site https://www.edf.fr/pulse-brasil.

Serão relizados webinares abertos para apresentação do prêmio e esclarecimento de eventuais dúvidas. Os encontros virtuais vão acontecer a partir do dia 15 de setembro e serão divulgados nas redes sociais das empresas do Grupo.
As startups e empresas brasileiras poderão apresentar seus projetos dentro de duas categorias: Smart City e Smart Factory. A primeira premiará inovações que busquem soluções para cidades e territórios, auxiliando no enfrentamento de desafios demográficos e ambientas. Já a Smart Factory engloba iniciativas que visam acelerar a convergência entre meios e processos industriais e tecnologias digitais para maior eficiência e novos ganhos na otimização do consumo.

A edição 2020-2021 oferecerá dois prêmios de R$ 20 mil, um para cada categoria. Além disso, há a possibilidade de realização de parceria para o desenvolvimento do projeto, caso alguma inovação seja de interesse das empresas do Grupo EDF no Brasil. Cada vencedor poderá apresentar a sua iniciativa às equipes da EDF Pulse Croissance, o fundo de investimento e incubadora do Grupo EDF.
Líder global em energia de baixo carbono, o Grupo EDF promove o Pulse desde 2014, com edições na França, na Itália, no Reino Unido, Índia e na África, oferecendo visibilidade a projetos inovadores alinhados à alta tecnologia para o futuro. Já participaram 1.800 startups, com 29 vencedores e mais de 60 projetos acompanhados pelo Grupo EDF.

O Brasil é um país estratégico para o desenvolvimento global do Grupo EDF, com investimentos em geração, serviços e soluções inteligentes de energia. Por isso, busca iniciativas que contribuam para questões energéticas e soluções inovadoras para enfrentar os desafios da atualidade. Com o Prêmio EDF Pulse, as empresas do Grupo podem identificar possibilidades de novos projetos e parceiros de negócios e ampliar a interação com empresas e startups. Até o momento, já foram investidos cerca de R$ 65 milhões na área de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), no Brasil.

 

2º EDIÇÃO DO PRÊMIO EDF PULSE BRASIL
Inscrições: de 2 de novembro 2020 até 8 de janeiro de 2021 pelo site https://www.edf.fr/pulse-brasil.
Podem concorrer: pequenas empresas e startups domiciliadas no Brasil e compostas por no máximo 30 colaboradores, que podem ter sociedade com empresas de até 500 pessoas.
Categorias: Smart City (R$ 20 mil) e Smart Factory (R$ 20 mil)

 

Sobre o Grupo EDF:
Ator-chave na transição energética, o Grupo EDF é uma empresa integrada de eletricidade, ativa em todas as áreas de negócio: geração, transmissão, distribuição, fornecimento e comercialização e serviços de energia. Líder global em energias de baixo carbono, o Grupo desenvolveu um mix diversificado de geração com base em energia nuclear, hidrelétrica, novas energias renováveis e energia térmica. O Grupo atua no fornecimento de energia e serviços para cerca de 38,9 milhões de clientes1, dos quais 28,8 milhões na França. O Grupo gerou vendas consolidadas de € 71 bilhões em 2019. A EDF está listada na Bolsa de Valores de Paris.

^