Acompanhe análises semanais de especialistas quanto a impactos do novo coronavírus no Rio de Janeiro e em São Paulo

Veja o resumo da semana para as áreas de saúde,  abastecimento e segurança


No âmbito das ações da Rede CCIFB contra Covid-19, o Departamento de Inteligência da Amarante do Brasil Gestão de Riscos, empresa membro da Câmara, compartilha nota com resumo semanal de suas análises quanto a impactos da Covid-19 nas áreas de saúde, abastecimento e segurança. Acompanhe os principais pontos:

 

Covid-19 nos estados de SP e RJ

Segundo o Ministério da Saúde, às 17:00 da quinta-feira (09/04), os 941 óbitos registrados no País representavam 5,27% do total de casos confirmados (17.857) e concentram-se em SP (496 óbitos e 7.480 casos) e RJ (122 óbitos e 2.216 casos). A taxa de letalidade no Brasil ainda está um pouco abaixo da média global da Organização Mundial da Saúde – OMS (aproximadamente 6%). Acesse o resumo completo.


A importância da confiabilidade e da capacidade de processar os testes 

Entre os dois tipos de testes para o Covid-19 que existem no mercado, o PCR é o mais preciso, mas os resultados levam, no mínimo, 7 dias para sair, pois a capacidade de processar esses testes está ainda muito aquém do necessário. Vários laboratórios públicos e privados já foram homologados para aumentar essa capacidade. 

 

Leitos de hospital (UTI e normal) vs. casos confirmados de Covid-19 

Conforme informamos há duas semanas, a capacidade de absorção dos hospitais e, em particular, dos leitos disponíveis nas UTIs em SP e no RJ, está quase esgotada. Na data, nos referimos à capacidade real e não à capacidade total porque, segundo os dados do Ministério da Saúde, 80% dos leitos de hospital (UTI e normal, SUS e privado) estão normalmente já ocupados. Ou seja, a capacidade real é 20% da capacidade total. 

 

Os respiradores mecânicos: maior gargalo do Brasil para enfrentar a crise da Covid-19? 

Pouquíssimos países no mundo estavam preparados para enfrentar essa pandemia. Um dos equipamentos mais importantes para lutar contra o vírus e reduzir sua taxa de letalidade, é o respirador mecânico. Apesar das críticas, com 61.219 respiradores mecânicos disponíveis no país, a capacidade do Brasil é uma das melhores do mundo, comparável à capacidade da Alemanha e mais de 3 vezes superior a da Itália. 

 

Distanciamento social 

Na terça-feira (06/04), o site do Ministério da Saúde anunciou uma proposta para reduzir o isolamento nas cidades e estados. Essa nova estratégia é chamada de Distanciamento Social Seletivo (DSS). Hoje, a maior parte do Brasil está sob Distanciamento Social Ampliada (DSA). Entenda as três estratégias sociais básicas usadas pelos governos pelo mundo, às vezes mais de uma por vez, para combater a pandemia. Acesse o resumo completo.


O abastecimento dos supermercados

Durante um webinar organizado pela Câmara de Comércio França-Brasil, representantes do Carrefour, um dos principais varejistas de alimentos do Brasil, confirmaram que não há problema para abastecer as lojas e que o transporte de mercadorias entre estados não se tornou mais desafiador desde o início da pandemia. Em relação ao futuro próximo, o varejista de alimentos não se preocupa com mudanças no fornecimento, no entanto, está preocupado com a possível falta de mão de obra (devido à doença, ao medo de contraí-la e a falta de transporte coletivo) e com decisões políticas locais para fechar lojas de comida em algumas cidades.

No entanto, o setor está se adaptando rapidamente a outros meios de distribuição e, desde o início do Estado de Emergência, a participação do comércio eletrônico nas vendas do Carrefour quadruplicou.

 

Quer saber mais? Acesse o resumo completo. 

 

 

 

^