Marcas Francesas de Luxo dão exemplo de solidariedade para o mundo

As doações do Grupo LVMH

O grupo LVMH reabriu 12 das suas 16 fábricas de artigos de couro na França para produzir 10 milhões de máscaras (sete milhões de máscaras cirúrgicas e três milhões de máscaras FFP2).

30% dessas máscaras serão doadas para os seus funcionários e o restante será doado para asilos e hospitais na França, para ajudar a solucionar a escassez de máscaras cirúrgicas que a França enfrenta atualmente. Foram chamados 400 artesãos (10% dos funcionários das fábricas) para trabalharem nessa tarefa.

Foram doados US$ 2 milhões para a Cruz Vermelha da China e 5 milhões de euros para o financiamento da entrega dessas 10 milhões de máscaras cirúrgicas.

O grupo está usando todas as instalações de produção de suas marcas de Perfumes e Cosméticos (Parfums Christian Dior, Guerlain e Parfums Givenchy) na França para produzir grandes quantidades de gel hidroalcoólico que estão sendo doados para os hospitais franceses.

Hermes faz doação recorde de 20 milhões de euros para o combate ao Coronavírus

A doação será para os hospitais públicos de Paris e é adicional à doação de mais de 30 toneladas de álcool em gel produzidos na sua fábrica de fragrâncias em Vaudreuil.
A Hermes também fez uma doação de 31.000 máscaras.

Fora as doações, a Hermès manterá o salário de seus 15.500 funcionários em todo o mundo, sem precisar recorrer a nenhum apoio governamental adicional oferecido pela França e vários países.


Chanel não irá realizar nenhuma demissão e irá garantir os salários de seus funcionários até o dia 08 de maio

Apesar das suas boutiques na França, Italia, Espanha, Alemanha, Estados Unidos e China estarem fechadas temporariamente e os seus ateliers de produção na França e Italia também terem fechado, a Chanel decidiu manter os salários e não realizar nenhuma demissão até o dia 08/05.

A Chanel teve um resultado muito bom em 2019, mas já espera um resultado negativo nas vendas do primeiro trimestre de 2020, por causa na queda das vendas na China e Estados Unidos.


Claudio Diniz

CEO da Maison du Luxe, autor dos livros: O Mercado do Luxo no Brasil: Tendências e Oportunidades, editora Seoman, The Luxury Market in Brazil, editora Palgrave Macmillan, coordenador da Comissão de Luxo da Câmara de Comércio França Brasil, Membro Consultor da Comissão de Direito da Moda da OAB, professor de marketing de luxo em algumas instituições de ensino no Brasil. Embaixador de Turismo do Rio de Janeiro, titulo concedido pela Fundação Cesgranrio.

^