O plano C da Previdência

O ministro da Economia, Paulo Guedes, acredita que algo radical terá de ser feito para acabar com as amarras do Orçamento caso a reforma da Previdência não passe. O plano B é desindexar tudo. É uma proposta radical dar um cheque em branco aos parlamentares para que eles montem tudo do zero. Mais realista é um cenário alternativo que circula no mercado financeiro. Se o texto do governo não passar, basta votar o projeto da reforma de Temer, que já está em tramitação.

O mais importante é a reforma tributária

Estudo exclusivo da Câmara de Comércio França-Brasil (CCIFB-SP), em parceria com a Ipsos, sobre a expectativa dos empresários franceses e brasileiros com relação ao cenário econômico, revela que 80% dos entrevistados citam a reforma tributária como a mais importante. O levantamento pediu para o participante citar as três reformas que considerasse as principais a serem aprovadas. A reforma do INSS ficou em segundo lugar, com 49%, e a desburocratização, com 43%. “O tema das reformas é muito relevante para as companhias francesas que querem investir no Brasil e para as que já estão aqui”, afirma Thierry Fournier, presidente da CCIFB-SP.

(Nota publicada na Edição 1110 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Gabriel Baldocchi)

 

Link da matéria:

https://www.istoedinheiro.com.br/o-plano-c-da-previdencia/

^