Prêmio Personalidade do Ano: Carrefour e Engie Brasil são nomeados

São Paulo, 8 de novembro – A Câmara de Comércio França-Brasil (CCIFB-SP) entregou o Prêmio Personalidade do Ano 2019 para Noël Prioux, presidente do Carrefour Brasil, e Maurício Bahr, CEO da ENGIE Brasil, durante cerimônia na casa Fasano, em São Paulo, no dia 7 de novembro. Os empresários foram eleitos por se destacarem como lideranças em suas áreas de atuação.

Prêmio Personalidade do Ano

Desde a sua concepção em 2017, a premiação já homenageou vários executivos que se destacaram na carreira profissional e resultados obtidos. “A comunidade franco-brasileira de negócios no Brasil é vibrante, e em 2019 a França se destacou como maior investidor internacional no País. Hoje, reconhecemos duas empresas que souberam investir pesadamente no Brasil e ao mesmo tempo promover um desenvolvimento sustentável e de inclusão social”, afirmou Sandrine Ferdane, presidente da CCIFB-SP e do BNP Paribas.

Relação entre França e Brasil é sólida, afirma cônsul-geral da França

Para Brieuc Pont, cônsul-geral da França em São Paulo, as relações entre os dois países são sólidas e têm muito a evoluir nos diferentes setores da economia. Além disso, o evento contou com as presenças de Luiz Álvaro, secretário Executivo de Relações Internacionais da Prefeitura, representando o prefeito Bruno Covas, e de Aline Cardoso, secretária Municipal de Trabalho e Empreendedorismo.

Saiba mais sobre os nomeados no Prêmio Personalidade do Ano

1)  Noël Prioux:

Noël Prioux iniciou sua trajetória no Carrefour em 1984 e ocupou diversas posições dentro do setor de hipermercados na França. Em 1996, tornou-se diretor de Serviços Financeiros do Carrefour S.A. A partir de 1998, atuou como diretor executivo do Carrefour S.A. e de subsidiárias em países como Turquia, França, Colômbia, Sul da Ásia e Espanha. Em 2017, foi nomeado CEO do Grupo Carrefour Brasil e diretor-executivo para a América Latina, coordenando também as atividades da rede na Argentina.

2) Maurício Bäh:

Maurício Bähr aceitou, em 1997, o desafio de representar a ENGIE no Brasil e abriu um pequeno escritório no Rio de Janeiro com apenas mais duas pessoas. Pouco menos de um ano depois, no entanto, veio o primeiro investimento do Grupo no País, a concessão da hidrelétrica Cana Brava, um investimento de 400 milhões de dólares.

Alguns meses depois, no entanto, mais um grande investimento, a aquisição do controle da Gerasul, então com 3.788 MW. Bähr hoje é o CEO de uma empresa que conta com 2.920 colaboradores e teve no País em 2018 um faturamento de R$ 9.3 bilhões. Mais que garantir o crescimento sustentável a longo prazo da empresa no Brasil.

Além disso, Maurício leva adiante a ambição da ENGIE de liderar a transição energética rumo a uma economia de baixo carbono, contribuindo assim para o combate às mudanças climáticas e uma melhor qualidade de vida para todos os brasileiros.

^