Rio de Janeiro Atualidade das empresas  •  Moda e beleza

L’Oréal Brasil inaugura Escola de Beleza dedicada a capacitar mulheres em vulnerabilidade social na região da Pequena África e anuncia 100 bolsas para formação profissional de cabeleireiro

 

Iniciativa faz parte da agenda de impacto social e conta com parceria do MOVER e da Fundação Darcy Vargas

 

Como parte do compromisso com as comunidades do entorno da sua sede administrativa, a L’Oréal Brasil amplia sua agenda de impacto social com a implementação da primeira Escola de Beleza da Pequena África. Unindo esforços pelo desenvolvimento socioeconômico da região, a Fundação Darcy Vargas e o MOVER (Movimento Pela Equidade Racial) são parceiros para a aceleração de impacto social a partir da educação e da capacitação profissional, que possibilita uma inclusão produtiva.

“Com a inauguração da nova Escola de Beleza, estamos ampliando nosso compromisso com o empoderamento feminino e viabilizando a mobilidade social a partir da inclusão produtiva. Buscamos parceiros estratégicos como o MOVER e a Fundação Darcy Vargas para garantir maiores investimentos e desenvolvimento socioeconômico para a região da Pequena África, onde está localizada a nossa sede” conta Helen Pedroso, Diretora de Responsabilidade Corporativa e Direitos Humanos da L’Oréal Brasil.

A companhia, que no ano passado anunciou apoio ao Instituto dos Pretos Novos com o objetivo de resgatar a memória e a história da região, agora anuncia a inauguração de mais uma escola de beleza que irá capacitar e empoderar mulheres em situação de vulnerabilidade social.

“Essa parceria nos possibilita solucionar uma questão importante na vida dos nossos alunos, a empregabilidade das mulheres, que sustentam suas casas e de seu entorno”, conta Alice Franco, Presidente da Fundação Darcy Vargas.

 

As Escolas de Beleza fazem parte do programa global Beleza Por Um Futuro e, no Brasil, têm o apoio da marca Niely e seus instrutores contam com a formação do Instituto L’Oréal, também responsável pela metodologia do curso. A formação consiste em treinamentos para mulheres em situação de vulnerabilidade da região, e tem o objetivo de formar auxiliares de cabeleireiro, barbeiras e manicures, com duração média de quatro meses. Desde a implementação do programa, em 2017, as Escolas de Beleza já capacitaram mais de 2 mil mulheres, proporcionando oportunidades de geração de renda e potencializando a mobilidade social.

“A L’Oréal Grande Público tem como missão democratizar a beleza para todos os brasileiros e acreditamos que através da capacitação e empregabilidade podemos gerar impacto positivo na sociedade. A Escola de Beleza Niely, uma das nossas marcas 100% brasileira, terá um papel fundamental como agente de transformação na pequena África”, conta Adrien Denavit, Diretor Geral da Divisão massiva do Grupo.”

 

 

“Como sociedade, nós devemos exercer o nosso papel de potencializar o processo de transformação e conscientização, com impactos positivos na educação e na geração de emprego e renda. Para nós, do MOVER, é uma honra sermos parceiros da L’Oréal Brasil e Fundação Darcy Vargas nesta jornada que vai mudar a vida de tantas mulheres”, afirma Luciene Rodrigues, Gerente de Projetos Sociais do MOVER.

Além da Escola de Beleza de Niely, as mulheres da região também poderão participar do programa “Beleza PRO do Futuro”, agenda de impacto social da L’Oréal Produtos Profissionais, unidade de negócios do grupo voltada para a indústria profissional de beleza. O programa oferecerá formação profissional em cabeleireiro com apoio do Instituto L’Oréal e tem como objetivo preparar essas mulheres para o mercado de trabalho. Além das aulas teóricas e práticas, o programa contará com uma mentoria assistida de um mês na academia da L’Oréal Brasil no Rio de Janeiro.

“Nosso objetivo com esse programa é potencializar o impacto que os salões já promovem na vida de milhares de pessoas. Acreditamos que nada é mais empoderador do que ter um emprego e independência financeira. Queremos transformar os salões, mas principalmente queremos mudar a vida das mulheres” conta Joana Fleury, General Manager de L’Oréal Produtos Profissionais.