Francesa Lesaffre aposta no Brasil para transferir tecnologia única de fermento natural no mercado de panificação

Unidade industrial na cidade de Valinhos será a primeira no País a produzir massa madre viva, um produto exclusivo que pode anular a necessidade de conservantes artificiais1

 

A francesa Lesaffre, destaque mundial no setor de leveduras e produtos para fermentação, inaugura no Brasil a primeira fábrica da América Latina destinada a produzir a massa madre viva, um fermento natural pronto para uso que pode ampliar a vida útil de pães industriais e até anular a necessidade do uso de conservantes artificiais.

A nova unidade é localizada na cidade de Valinhos, no interior de São Paulo, e nasce para promover um mercado emergente no Brasil, ou seja, o de ingredientes para fermentação natural destinados à panificação. A fábrica já passou pelas fases de testes e está pronta para atender os primeiros pedidos.

As massas madres vivas são reconhecidas pelos consumidores e nutricionistas pela sua capacidade de reduzir o índice glicêmico dos pães, evitando os picos de insulina, e por melhorar a digestibilidade, pela redução de compostos fermentáveis no intestino que geram desconforto e gases.

A Lesaffre também atenderá o mercado com versões de grãos ancestrais, como a espelta, e grãos especiais como o trigo sarraceno e a cevada, nas massas madres desidratadas, todas com versões abrigadas sob a marca Livendo.

Desenvolvida pela empresa na Europa, o processo de transferência de tecnologia conta com a tropicalização efetuada pela equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da multinacional no País. “Com nossa experiência de décadas no mercado brasileiro, soubemos adaptar o produto para a realidade dos clientes locais”, explica Stephan Fels, CEO da Lesaffre no Brasil.

A planta de Valinhos, que fabrica produtos para panificação e outras unidades de negócios da Lesaffre, como a Biospringer, recebeu em 2021 o investimento destinado à fabricação de massas madres vivas. “Simbolizamos este novo ciclo com a plantação de árvores da flora regional, pois mostram a determinação da Lesaffre de cumprir a nossa missão de melhor nutrir e proteger o planeta”, complementa Fels.

Sobre a Lesaffre

Fundada no norte da França em 1853, a Lesaffre desenvolve, produz e comercializa soluções para panificação, nutrição e saúde humana, animal e das plantas, além de biotecnologias industriais. Emprega hoje cerca de 10.700 colaboradores em aproximadamente 70 subsidiárias localizadas em mais de 50 diferentes países. Conta com um time em torno de 570 pesquisadores que colaboram com 60 unidades e centros de pesquisa.

1 As reduções de conservantes artificias, e até sua anulação, podem ser obtidas quando o produto é associado a boas práticas de fabricação e combinado com outros ingredientes que atuam de forma natural para aumentar a vida útil dos pães.

^