Ações de impacto social e ambiental destacam o compromisso da Voltalia com o desenvolvimento sustentável

Iniciativas vão desde mutirões de limpeza, apoio ao empreendedorismo até soluções para coleta e reciclagem de lixo

 

Nesta semana do Dia Mundial do Meio Ambiente, a Voltalia destaca projetos de impacto social e ambiental que reforçam o compromisso do Grupo de contribuir com o desenvolvimento sustentável das localidades onde atua.

As iniciativas vão desde regulares mutirões de limpeza, apoio ao empreendedorismo local até soluções para coleta e reciclagem de lixo. Um exemplo é o Movimento Voltalia Lixo Zero, realizado principalmente no município de Serra do Mel, Rio Grande do Norte. As ações acontecem em diversas vilas e são parte de uma série de medidas que a empresa vem adotando para reduzir a produção de lixo e incentivar o descarte correto de resíduos.

Paralelamente ao projeto na Serra do Mel, a Voltalia realiza coleta seletiva de lixo nos escritórios, usinas e obras, além de compostagem. Através de campanhas de comunicação interna, a empresa também estimula o uso de copos e garrafas reutilizáveis evitando, portanto, o uso de descartáveis.

Na Serra do Mel, o Movimento Voltalia Lixo Zero começou em julho de 2019 e já recolheu aproximadamente quatro toneladas de lixo. A companhia foi responsável pela contratação de uma empresa que recolheu o lixo em diversas vilas, mas o principal objetivo da iniciativa é colaborar e incentivar as autoridades locais a iniciarem a coleta de lixo no município, por meio de ações integradas de educação ambiental, logística e mobilização social.

“Somos uma empresa produtora de energia renovável e a preservação do meio ambiente é uma das nossas grandes preocupações. Contribuir, por meio de ações como essa, reforça nosso compromisso não só com o meio ambiente, mas com as comunidades e com a região onde atuamos”, afirma Robert Klein, CEO da Voltalia Brasil.

A Voltalia também está realizando estudos para implementar um projeto de coleta seletiva na Serra do Mel com objetivo de gerar trabalho, renda e melhorar, paralelamente, a qualidade do meio ambiente. Entre as ações estudadas estão: logística de coleta e triagem de materiais recicláveis; doação de equipamentos (prensa, balança, mesas de triagem, carrinhos elétricos de coleta); ações de educação ambiental e mobilização social; ações de compostagem, dentre outras.

A empresa também pretende oferecer cursos de capacitação para os catadores de materiais recicláveis da região “Percebemos que apenas coletar o lixo das vilas não seria o suficiente. Precisávamos pensar um pouco mais a longo prazo e, para isso, começamos a desenvolver projeto de coleta seletiva, cursos e campanhas de orientação para que a população possa aprender a descartar o lixo corretamente e atuar como protagonistas do Movimento que é de todos nós”, completa Robert Klein.

^