Câmara de Comércio França-Brasil premia jornalista Ruth de Aquino na 18ª edição do Prêmio Personalidade

Homenageada recebeu premiação por suas contribuições ao debate público e à promoção da diversidade. Evento foi realizado na Casa Firjan, em Botafogo

Na sexta-feira (23), a Câmara de Comércio França-Brasil agraciou a jornalista Ruth de Aquino com o Prêmio Personalidade 2018, por suas contribuições ao debate público e à promoção da diversidade através de um percurso de destaque no jornalismo internacional. O evento foi realizado na Casa Firjan, em Botafogo, e contou com a presença de representantes do corpo diplomático da França, da Unesco, de instituições ligadas ao setor empresarial, executivos e membros da Câmara.

Nesta edição, o Prêmio Personalidade ressaltou o posicionamento da CCI França-Brasil quanto à promoção da diversidade como eixo transversal de engajamento social e motor de dinamismo econômico. “A sustentabilidade e a responsabilidade social empresarial são para nós temas-chave de reflexão e ação coletiva, em cooperação com nossas redes de parceiros no Brasil e na França. Além de afirmar valores de respeito e inclusão no âmbito da comunidade, a diversidade tem o potencial de impactar positivamente o desempenho econômico das empresas: segundo o Instituto Global McKinsey, se as mulheres desempenhassem o mesmo papel dos homens no mercado, quase 28 trilhões de dólares poderiam ser adicionados à economia mundial antes de 2025. Para que esse potencial possa ser plenamente explorado, é preciso que mulheres de destaque, como Ruth de Aquino, sejam uma fonte de inspiração para todos nós”, disse o presidente da CCI França-Brasil, Maxime Rabilloud.

A diretora e representante da Unesco no Brasil, Marlova Noleto, subiu ao palco e lembrou a frase do escritor russo Anton Tchekhov, “canta tua aldeia e cantarás o mundo”, para ilustrar a trajetória da jornalista. “Ruth, tu fizeste da tua profissão a arte de se expressar com liberdade e, ao fazer isso, contribuis para outro princípio que também é muito importante para a Unesco, que é o respeito à diversidade. A diversidade é um dos maiores valores do mundo, que nos enriquece, e colabora para que nós todos possamos reconhecer a riqueza do mundo com a sua multiplicidade”, disse Marlova.

Ao ser convidada pelo presidente da CCIFB para receber o Prêmio Personalidade, a homenageada da noite contou um pouco sobre seu primeiro contato com a França e seu percurso até se tornar jornalista. “Quando eu tinha 5 anos, a mesma idade da minha neta Nina, tive o meu primeiro contato remoto com a França. Eu dançava ballet clássico e, por isso, os compositores clássicos, entre eles os franceses, eram a minha trilha sonora. Eu escutava piano, devorava romances, estudava na Aliança Francesa, e sonhava viver na Europa”, revelou Ruth.

A laureada do Prêmio Personalidade 2018 também aproveitou a ocasião para falar sobre diversidade e chamar a atenção para o papel da mulher na sociedade. “Já que este prêmio é uma homenagem à diversidade, eu queria não só agradecer à França, aos franco-brasileiros, aos empresários que acreditam no Brasil, mas queria dedicar esta noite às nossas guerreiras anônimas do cotidiano. São mulheres no Brasil sem direitos humanos, em um período de comemoração aos 70 anos da Declaração Universal”, disse Ruth, que ainda ressaltou a importância de estreitar as relações entre França e Brasil.

“Eu acredito, sinceramente, que reforçar laços entre França e Brasil pode ajudar nossas meninas e nossas mulheres a sonhar mais alto, como elas merecem. Porque coragem, resiliência elas têm de sobra. Aos cinco anos de idade eu sonhava com a Europa. Elas sonham com uma vida digna”, ressaltou a jornalista.

A noite de outorga do Prêmio Personalidade inovou com uma apresentação musical do coral dos alunos da escola francesa Lycée Molière, acompanhado pela Camerata Jovem do Rio.  Participaram da cerimônia o Embaixador da França no Brasil, Michel Miraillet e o Presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira. Personalidades femininas de destaque, a exemplo da cientista Joana D’Arc Félix de Souza, também marcaram presença durante o evento.  O tradicional jantar de gala aos convidados foi coordenado pelo chef Roland Villard, líder da  Comissão Arte de Viver da CCIFB-RJ e contou com apoio do chef Frédéric Monnier e das chefs Flavia Quaresma e Roberta Ciasca.

Sobre o Prêmio Personalidade França-Brasil

O Prêmio Personalidade acontece anualmente com objetivo de homenagear brasileiros e franceses por contribuírem para o fortalecimento das relações entre França e Brasil. Desde a sua concepção em 2001, a premiação já homenageou mais de 20 personalidades, representantes de diferentes frentes e com trajetórias diversas, mas que mantêm em comum o incentivo à cooperação. A cada ano são reconhecidas iniciativas e lideranças de destaque nos mais distintos campos do saber: socioeconômico, político, ambiental, filantrópico, midiático, cultural e científico.

^