Voluntariado corporativo: como engajar e construir conexões além das empresas

No dia Nacional do Voluntariado, a Comissão de RSE promoveu encontro para compartilhar programas e ações

 

Para marcar o Dia Nacional do Voluntariado, a Comissão de Responsabilidade Social Empresarial da CCI França-Brasil do Rio de Janeiro promoveu evento para compartilhar experiências sobre programas de voluntariado corporativo e iniciativas de engajamento comunitário. O encontro contou com a participação de representantes das empresas Engie, L’Oréal Brasil e Servier, e de instituições parceiras, a exemplo do Museu do Amanhã e da ONG Teto Brasil.

“O voluntariado corporativo já tem uma boa maturidade, mas sempre é preciso difundir a troca de experiências, um dos elementos-chave para termos engajamento. Hoje, reunimos cases de diferentes tipos de organização e parcerias para refletirmos juntos sobre esse tema tão importante para as empresas e a sociedade”, destacou Rodrigo Santiago, coordenador da Comissão de RSE.

A gerente de Desenvolvimento Sustentável da Engie no Brasil, Cristina Ribeiro, apresentou o programa de voluntariado do grupo, que tem como um de seus objetivos inserir o colaborador nas questões de Responsabilidade Social relacionadas a sua área de atuação na empresa e ao seu local de trabalho e proximidades. Entre as iniciativas, está o projeto “Mais Museus” que conta com apoio de mais de 20 parceiros, como o Museu do Amanhã. “A proposta é estimular a cidadania e inserção social através do acesso à cultura”, explicou. O projeto envolve 800 alunos de comunidades da região portuária, beneficiando indiretamente cerca de 3.000 pessoas. Os grupos de estudantes visitam museus e espaços históricos da cidade do Rio de Janeiro, com apoio de voluntários da Engie.

A partir do mote “A serviço do bem, o coração da Servier batendo pelo Brasil”, Lorelai Marchidan, gerente de Recursos Humanos da empresa, destacou o programa de voluntariado da Servier em parceria com a ONG TETO Brasil. A iniciativa apoia a construção de casas populares na América Latina para pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconomica. Em 2019, o programa já alcançou a marca de 50 casas construídas com apoio de 205 voluntários.

No âmbito dos programas da L’Oréal Brasil, a gerente de Employee Engagement & Content Factory, Bruna Capucci, compartilhou as experiências do “Citizen Day”, iniciativa global do Grupo criada em 2010 para estimular o voluntariado. A cada ano, durante um dia todos os colaboradores são incentivados a participar como voluntários de ações organizadas pela empresa. As iniciativas de 2019 reuniram 787 voluntários, com impacto direto gerado a 3.554 pessoas. “Temos programas regulares de voluntariado, a ideia do Citizen Day é estimular o engajamento e poder de transformação para que possamos reforçar a participação em todos os períodos do ano”, afirmou.

O evento ainda contou com depoimentos da Gerente de Desenvolvimento de Público, Relações Comunitárias e Educação do Museu do Amanhã, Laura Taves; do Mediador social do Museu do Amanhã, Fabio Moraes; e da Gerente de Parcerias e Relacionamento da TETO, Juliana Silva.


Câmara integra ação de voluntariado

No dia 28 de agosto, Dia Nacional do Voluntariado, a CCI França-Brasil participou de uma ação para celebrar os 100 anos da Junior Achievement, uma das maiores organizações sociais incentivadoras de jovens do mundo, que conta com mais de 150 mil voluntários. Focados na aplicação do programa “O Futuro do Trabalho” – ressaltando impactos da 4ª revolução industrial e da nova economia nas profissões e habilidades –, cerca de 40 Líderes Executivos voluntários apresentaram suas experiências a estudantes de Ensino Médio do Colégio Estadual Antonio Maria Teixeira. O evento contou com apoio da Comissão de RSE da CCIFB-RJ, que foi representada pela diretora-executiva, Jaqueline Saad.

“Durante uma manhã, tivemos a oportunidade de interagir com esses jovens – tendo como base conteúdos e exercícios práticos – sobre desafios e oportunidades da economia e da sociedade, à luz das grandes transformações impulsionadas pela era digital e do desenvolvimento sustentável. Essa iniciativa, gratificante e inspiradora, é certamente um marco para construirmos ações coletivas similares no âmbito da CCI França-Brasil”, conclui Jaqueline.

^