Networking internacional: 8 dicas para desenvolver uma boa rede de contatos no Brasil e no exterior

Nos tempos atuais, os empresários e empreendedores bem sucedidos são os que melhor exploram a prática do networking e conseguem construir uma rede de relacionamento rica e diversificada. 

No mundo dos negócios, o termo networking significa estabelecer uma rede de relacionamento entre pessoas (empresários, empreendedores) que se comunicam e trocam informações, interesses e apoio.

É uma prática muito eficaz para identificação de novas oportunidades e expansão dos negócios no Brasil e no exterior.  

Hoje, o networking internacional é cada vez mais comum, visto que as economias estão cada dia mais globalizadas e os negócios estão mais conectados. 

Confira agora algumas dicas para ajudar empresários e empreendedores a desenvolverem seu networking dentro e fora do Brasil, com brasileiros e estrangeiros:

1) Conheça a cultura do país e da pessoa

No caso de reuniões fora do país ou com estrangeiros, é fundamental conhecer a cultura do local da reunião e dos presentes no encontro. 

Alguns hábitos como abraços e beijos no rosto, por exemplo, são reservados somente à amigos íntimos e família. 

Com relação aos horários, há países, como o Brasil, onde existe uma tolerância para alguns minutos de atraso. Porém, em outros países, como na França ou Inglaterra, chegar atrasado em almoços e jantares de negócios é considerado falta de educação. 

Com relação às refeições, cada cultura conta com seus próprios hábitos. Os franceses prezam por uma boa refeição. Logo, estas não devem ser apressadas. A conversa de negócios geralmente começa após a sobremesa ser servida e cabe ao anfitrião iniciá-la.

Já os agendamentos de reuniões devem ser feitos com duas semanas de antecedência. Um aviso insuficiente fará com que a outra pessoa se sinta pressionada.

Além disso, a formalidade é valorizada na França. Ao iniciar um networking com franceses, lembre-se de se dirigir a eles por Monsieur ou Madame. Lembre-se também de se apresentar informando o primeiro nome e o sobrenome.

A etiqueta francesa diz ainda que deve-se manter as mãos apoiadas na mesa, nunca no colo.

Assim como os brasileiros, os franceses prezam por aqueles que saibam falar algumas expressões em sua língua. Porém, caso não fale francês, evite se desculpar por isso.

Estar alinhado com os aspectos culturais, além de causar uma boa impressão, contribui para evitar conflitos e aumenta a empatia e confiança entre as partes.  

2) Boa impressão: Preze pela sua imagem pessoal e pela imagem da empresa

A apresentação pessoal é o principal cartão de visitas de qualquer executivo. Uma pessoa que cuida da aparência demonstra profissionalismo e transmite mais confiança para as demais. Sendo assim, invista em roupas formais apropriadas à situação.

Ao se apresentar, tenha um discurso memorizado e preparado com antecedência sobre você e sobre a empresa. Desse modo, estará preparado para eventuais situações e despertará o interesse dos presentes.

Lembre-se de trocar cartões de visitas logo no início da reunião ou interação, para que você tenha em mente o nome e posição da outra pessoa. Além disso, em certas culturas, dar a devida atenção e respeito ao cartão de visitas demonstra cortesia com o próximo. 

 

A imagem da empresa também deve ser conservada. É fundamental garantir que as regras de compliance sejam seguidas. 

3) Fique atento à comunicação não verbal

É fundamental estar atento à postura durante uma reunião de trabalho. Gestos com as mãos e falta de contato visual podem passar a sensação de insegurança, falta de interesse ou nervosismo. 

Na hora de se apresentar, combine gestos com palavras. Esse hábito transmitirá mais autoconfiança. Desse modo, mantenha sempre contato visual com os demais presentes, sorria gentilmente e evite ficar de braços cruzados. 

Utilizar o celular durante uma reunião de trabalho e ficar de braços cruzados devem ser evitados, pois podem atrapalhar seu networking.

Além disso, é preciso estar atento à alguns gestos que podem ser considerados obscenos ou indelicados no exterior. Um gesto de “OK” na França, por exemplo, significa “nada”, “zero” ou “nenhum”. Já encostar o dedo indicador na ponta do nariz da pessoa, pode ser estranho para muitos. Porém, na França esse gesto significa que uma pessoa é inteligente.

4) Esteja ciente das atualidades e últimas notícias globais

Passar a imagem de culto e atualizado com as notícias também é essencial na hora de prospectar novos contatos, principalmente no mercado internacional.

Antes de viajar, procure notícias sobre variados assuntos que envolvem o país que sediará a reunião, como política, economia e temas relevantes para uma conversa empresarial. 

Diversos jornais e portais de notícias estão disponíveis ao nosso alcance, tornando a procura de notícias ainda mais fácil. Porém, lembre-se de procurar notícias de fontes confiáveis, evitando gafes com fake news.

Estar atualizado com relação aos últimos acontecimentos, além de proporcionar mais segurança durante a conversa, pode ser uma vantagem competitiva na hora de fechar um acordo.

5) Participe de feiras e eventos da sua área

Além de aprofundar seus conhecimentos dentro de sua área de atuação, as feiras e eventos são uma ótima oportunidade de networking.

Nelas, muitos indivíduos do seu setor de trabalho estarão presentes e ficará mais fácil de se apresentar e trocar cartões de visita com o público que é interessante para sua rede de negócios.

Outro benefício das feiras e eventos profissionais é que estas poderão abrir portas para aqueles em busca do primeiro emprego ou de uma reintegração no mercado de trabalho.

Muitas feiras são anunciadas no Brasil e no exterior. Portanto, fique atento às datas e caso tenha oportunidade, compareça ao maior número de eventos possíveis. Preze também aquelas que sejam mais conceituadas dentro e fora do país.

6) Troque informações relevantes sobre sua área de atuação e o trabalho que você desenvolve

Seja em feiras ou reuniões de negócios, troque informações relevantes sobre o cenário corporativo dentro da sua área de atuação. 

Mantenha-se atualizado aos acontecimentos que envolvem seu mercado de trabalho e esteja pronto para ser uma pessoa interessante na hora de se apresentar à futuros parceiros corporativos.

Além de transmitir a sensação de experiência no setor, essa troca de informações demonstra interesse e respeito pelo trabalho do próximo e é uma excelente forma de expandir contatos.

A troca de informações também é uma ótima oportunidade para estender a conversa à um jantar ou almoço de negócios e estreitar ainda mais seu networking profissional.

7) Forme vínculos e estreite o relacionamento – a tecnologia é uma grande aliada!

O networking nada mais é do que formar vínculos e estabelecer o contato profissional. Por isso, estreitar essas conexões é fundamental para manter seus contatos ativos. 

Mantenha-se próximo aos contatos que são mais importantes e que podem trazer boas oportunidades de negócio futuras.

A tecnologia pode ser uma grande aliada para interagir de modo produtivo. E-mails e redes sociais de caráter profissional são ótimos meios para manter a relação profissional fluida.

 Desse modo, invista em perfis no LinkedIn, maior rede profissional do mundo, e no Skype, por exemplo, que permite realizar chamadas de voz e vídeo. 

Lembre-se de criar um perfil que se destaque entre os demais. Preencha-o com informações relevantes sobre sua experiência profissional, compartilhe e comente em notícias de seus contatos e procure escrever artigos autorais sobre seu setor. Lembre-se ainda de compartilhar seus perfis em seu cartão de visitas, para que seus contatos saibam onde devem te procurar nas redes. 

8) Conecte pessoas com interesses em comum

Construir relações profissionais a partir de interesses compartilhados é uma ótima dica para manter o relacionamento fluído. 

Conecte-se com pessoas que possuam interesses em comum com o seu e de sua empresa, troque informações e compartilhe ideias. 

O interesse compartilhado é uma ótima maneira de construir um networking e marcas futuras reuniões empresariais. Seus contatos saberão seus interesses e sua área de atuação, sendo mais fácil destes lhe ajudarem e lhe indicarem em situações profissionais.

CCIFB estreita relações entre a França e o Brasil

Alinhada ao atual cenário, a Câmara de Comércio França-Brasil (CCIFB) , há mais de  119 anos visa estreitar relações entre a França e o Brasil. Como por exemplo, as relações econômicas, financeiras, comerciais, industriais, científicas e culturais.

Os eventos da CCFB-SP contam com conteúdo de alto nível e fomentam o networking qualitativo entre os membros associados, assim como não associados. 

“O objetivo da iniciativa é fomentar ainda mais a troca de experiências e boas práticas entre os dois países”, afirma Sandrine Ferdane, presidente da CCIFB-SP.

^