A cooperação como chave para inovar

Conectar empresas e o meio acadêmico exige redes de apoio para o desenvolvimento de carreiras e mobilidade de pesquisadores. Conheça as ações e atuação da EURAXESS


A cooperação científica promove o intercâmbio de conhecimento e a troca de experiências, possibilitando gerar avanços em pesquisa e desenvolvimento. França e Brasil possuem redes colaborativas com agentes bastante atuantes, que contribuem para conectar empresas e universidades em diversos setores. 

Um exemplo é a EURAXESS, iniciativa da Comissão Europeia que apoia tanto  pesquisadores brasileiros que desejam atuar na França quanto franceses que queiram colaborar com projetos no Brasil. 

Para entender melhor essas oportunidades e como elas refletem no ecossistema de inovação e negócios franco-brasileiro, confira a entrevista com Charlotte Grawitz, Representante Regional da EURAXESS América Latina e Caribe, sediada no Rio de Janeiro.


Como a EURAXESS atua para promover a cooperação científica entre França e Brasil?

 

Charlotte Grawitz: A EURAXESS é uma iniciativa da Comissão Europeia que promove o desenvolvimento das carreiras e a mobilidade de pesquisadores e visa fortalecer a colaboração científica entre a Europa e o resto do mundo. 

Apesar de não ser um fim em si, a mobilidade dos pesquisadores tem um tremendo efeito de alavanca. Quando um ou uma pesquisadora realiza um doutorado na França, por exemplo, ele ou ela vai adquirir um novo conhecimento acadêmico, descobrir novas abordagens científicas, mas vai também desenvolver competências que serão úteis para a sua carreira, tais como o domínio de uma nova língua, capacidade de adaptação, etc.

Tão importante quanto isso será a criação de redes. Essa pessoa vai se relacionar com supervisores e colegas – muitas vezes vindos do mundo todo – com quem vai seguir colaborando durante a sua vida toda. 

São muitos os ganhos atrelados a um período de mobilidade!

O trabalho da EURAXESS no Brasil é facilitar essa mobilidade e ajudar pesquisadores brasileiros em todas as etapas de seus projetos: desde a busca de fomentos ou parceiros, até a preparação da sua chegada na França ou no seu país europeu de destino.

Mas a nossa atuação vai além disso. O programa de fomento da pesquisa e da inovação da Comissão Europeia, o Horizonte 2020, que será seguido do Horizonte Europa a partir de 2021, é aberto ao mundo. Significa que todos os tipos de atores podem participar, sejam instituições acadêmicas, do setor privado (indústria, PMEs) ou do terceiro setor (governos, museus, ONGs). Além disso, o programa é aberto a todas as nacionalidades, inclusive aos pesquisadores e instituições brasileiras. E, de fato, os europeus querem colaborar com pares brasileiros. Nossa missão é divulgar essas oportunidades no Brasil.

Em resumo, EURAXESS no Brasil oferece informações e serviços gratuitos aos pesquisadores que desejam realizar uma temporada na França e na Europa, e colaborar com a ciência europeia. 

 

Como esta cooperação pode integrar o ecossistema de negócios e inovação franco-brasileiro?

Charlotte Grawitz: Para cooperar, as empresas precisam poder contratar bons pesquisadores e colaboradores, independentemente de onde estiverem, assim como encontrar parceiros com uma visão aberta, e cientes dos ganhos atrelados a uma atuação internacional.

Neste contexto, muitas das ferramentas oferecidas pela EURAXESS são relevantes para as empresas brasileiras, mas também para as empresas francesas atuantes no Brasil. A EURAXESS coloca à disposição ferramentas gratuitas para recrutar pesquisadores vindos da Europa ou do Brasil.

O portal EURAXESS é também uma excelente plataforma para aumentar a visibilidade das instituições brasileiras na Europa, encontrar parceiros, oferecer módulos de capacitação aos seus funcionários, entre outras possibilidades.

 

De que forma ocorre a troca de conhecimento e tecnologia impactando a inovação no meio empresarial?

Charlotte Grawitz:  Gostaria de complementar esta resposta com informações sobre o projeto europeu parceiro chamado ENRICH Brazil, que atua mais diretamente no ramo empresarial. 

O Centro de Inovação Europa-Brasil – Enrich in Brazil possui a missão de incentivar e facilitar a cooperação em pesquisa, tecnologia, inovação e empreendedorismo entre a Europa e o Brasil, apoiando e capacitando todos os atores dos ecossistemas de inovação, tanto públicos como privados, ao longo das cadeias de valor. A EURAXESS e Enrich são entidades parceiras e já tem, juntas, desenvolvido diversas atividades concretas de aproximação entre europeus e brasileiros, para os temas da ciência, da tecnologia, da inovação, e do desenvolvimento de negócios, com ganhos mútuos e compartilhados.

Dessa forma, ambas as instituições trabalham conjuntamente para que os desafios econômicos, sociais e ambientais do século XXI sejam endereçados cada vez mais por meio da colaboração entre a União Europeia e o Brasil, e em particular, entre a França e o Brasil, dois países historicamente ligados por fortes laços de amizade e de cooperação. Acreditamos no poder da ciência, da tecnologia, da inovação, e principalmente no diálogo e em parcerias internacionais concretas e pragmáticas, para unir e potencializar o melhor do que cada país pode aportar, e para que possam efetivamente ser desenvolvidas e implementadas soluções locais colaborativas para problemas globais. 

 

^