Em debate sobre a retomada econômica do Rio de Janeiro, CCIFB reforça o compromisso de empresas francesas no estado e Prefeitura anuncia investimentos

Evento promovido pela Câmara, Firjan e Prefeitura do Rio reuniu autoridades internacionais, municipais e representantes de empresas da rede associada

 

O presidente da CCI França-Brasil (CCIFB), Patrick Sabatier, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, participaram na sexta-feira (18/06) do encontro “Desafios e Oportunidades para a cidade do Rio de Janeiro”, promovido pela CCIFB, Firjan e Prefeitura do Rio.

O evento reuniu autoridades internacionais, municipais e representantes de empresas associadas à Câmara para debater a retomada econômica da capital fluminense, e contou com o apoio institucional dos atores-chave da rede francesa – parceiros da CCIFB – : Embaixada da França no Brasil, Consulado-Geral da França no Rio de Janeiro, Business France e Medef International.

O objetivo foi discutir diagnósticos, estratégias e projetos relacionados à governança, inovação e ao desenvolvimento sustentável da economia carioca a partir da visão e das iniciativas da esfera pública e do setor produtivo.

Ao participar da mesa de abertura, o presidente da CCIFB destacou o sólido compromisso de empresas francesas no Rio de Janeiro e seu engajamento de longo prazo no país.

“É um orgulho participar desse debate. É um marco para colocar em destaque as diversas e múltiplas oportunidades que o Rio vem oferecendo. O Brasil é o principal parceiro da França na América Latina e a França é o terceiro investidor no Brasil. Trata-se de um compromisso de longo prazo assumido pelas empresas francesas, representadas pela Câmara de Comércio França-Brasil”, declarou Patrick.

O Prefeito Eduardo Paes ressaltou o otimismo com o avanço da vacinação no Rio e o futuro da cidade, apesar dos desafios. Na ocasião, a Prefeitura do Rio informou que irá destinar, em média, 15% do total arrecadado pelo município para investimentos.

“A nossa mensagem para a Firjan e para os empresários franceses é que continuem a acreditar no Rio, porque vamos fazer a cidade voltar a dar certo, avançar e a ter bons exemplos no cenário político-econômico nacional. Queremos dar essa virada e, com a ajuda da Firjan e da Câmara França-Brasil, vamos conseguir o nosso objetivo”, afirmou Paes.

Para o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, a relevância dos investimentos franceses no Rio mostra a importância da união entre os dois países. “É a partir de casos concretos e importantes mudanças que nós mudamos os estados e o país”, acrescentou.

Em participação realizada por vídeo, a Embaixadora da França no Brasil, Brigitte Collet, citou companhias membro da Câmara para exemplificar a diversidade dos negócios com operação no Rio. Segundo ela, cerca de um terço das 1.100 empresas francesas instaladas no Brasil tem sede no estado, abrangendo áreas diversas como energia, automobilística, farmacêutica, cosmética, naval, TI e startups.

“Queremos reforçar as relações econômicas e desenvolver ainda mais os investimentos franceses no Brasil. E gostaríamos de ver as empresas do Rio privilegiando a França, no mercado internacional”, salientou a Embaixadora.

Dividido em três painéis, o encontro abordou ainda os temas sustentabilidade, governança, tecnologia e eventos. Além de secretários municipais, participaram das mesas membros de empresas da rede CCIFB e parceiros, como a diretora de Sustentabilidade da L’Oréal Brasil, Maya Colombani; o diretor de Comunicação e Sustentabilidade da ENGIE Brasil, Gil Maranhão Neto; o diretor de Relações Institucionais na Michelin South America, Rodrigo Santiago; o diretor comercial & project / export finance da Alstom Brasil, Eric Farcette; o diretor na Deloitte Brasil, Breno Barreto Medeiros; o diretor da Cushman & Wakefield, Thierry Botto; o diretor do Fairmont – Grupo Accor, Michael Nagy; e o CEO Fábrica de Startups, Hector Gusmão.

 

(Fotos: Vinícius Magalhães / Firjan)

 

Veja a transmissão na íntegra do encontro:

^