Luxo e sustentabilidade na narrativa de marcas

Durabilidade, bem-estar, consumo colaborativo e diversidade são palavras-chave associadas ao luxo sustentável

 

“A verdadeira medida do luxo é algo que sobrevive para ser repassado para a próxima geração. Essa atitude é necessária para um consumo sustentável e para garantir que a Terra sobreviva para as gerações futuras”. O depoimento é do integrante da Comissão Arte de Viver e especialista em gestão de marcas, Sébastien Liron, ao abrir a palestra Luxo Sustentável: como integrar sustentabilidade à narrativa da sua marca, realizada na sede da CCIFB do Rio de Janeiro, no início de outubro.

O encontro foi dedicado a atualidades sobre o tema, com exposição de cases, apresentação de técnicas de comunicação e conteúdos teóricos. Os participantes tiveram a oportunidade de realizar uma imersão nas práticas de luxo associadas à sustentabilidade no âmbito do bem-estar, consumo colaborativo, da economia circular e diversidade, e ainda conhecer as tendências do storytelling digital para o segmento, com dicas e explicação de conceitos.

“As marcas precisam ter um propósito, que pode ser iniciado com um plano modesto e crescer gradativamente. O importante é estar alinhado à missão e valores através de uma proposta relevante que ofereça algo maior que a própria marca, capaz de se conectar com pessoas de forma autêntica”, explicou Liron.

Valorizar experiência e história como luxo sustentável

A gerente de Marketing do Santa Teresa Hotel RJ – Mgallery e Mama Shelter Rio, Pascale Fabart, apresentou um case do hotel pertencente à rede Accor. Ela destacou como o Grupo trabalha o tema sustentabilidade através do programa Plano 21.

Inspirado na história do local, uma antiga fazenda de café, e na rica paisagem do bairro Santa Teresa, o Hotel uniu experiência e valorização do entorno para destacar seu projeto sustentável. Este conceito integra todo o ambiente, que preserva parte do mobiliário original, restaurantes e atividades de bem-estar conduzidas pelo SPA, além de estar presente em ações sustentáveis como o uso consciente da água e não desperdiçar alimentos. “Valorizar a história do local e a consciência socioambiental é o que queremos destacar em cada ponto e detalhe do Hotel”, contou Pascale.

^