Palavra aos CEO´S Institucionais por Pedro Antonio Gouvêa Vieira Almeida e Silva – Presidente da CCIFB-SP

No dia 30 de setembro de 2021, a Câmara de Comércio França-Brasil de São Paulo realizou um almoço com a presença dos presidentes das empresas institucionais de todas nossas regionais.

O evento contou também com a presença dos membros da diretoria de São Paulo e Rio de Janeiro, do Sr. Consul Geral da França em São Paulo, Sr. Yves Teyssier d´Orfeuil, assim como do Sebastien Andrieux, Chefe do Serviço Econômico Regional da Embaixada da França no Brasil e Frederic Junck, Presidente do CCEF.

 

Confira o discurso de aberto do presidente da regional de São Paulo, Pedro Antonio Gouvêa Vieira Almeida e Silva: 

 


 

Boa tarde a todas e a todos,

 

Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a presença do Sr. Consul Geral da França em São Paulo, Sr. Yves Teyssier d´Orfeuil, assim como do Sebastien Andrieux, Chefe do Serviço Econômico Regional da Embaixada da França no Brasil, representando a Embaixadora da França, Sra. Brigitte Collet. E do Frederic Junck, Presidente do CCEF.

 

Estou muito contente com a realização desse almoço. Tem grande valor para a comunidade franco brasileira e também para a Câmara de Comércio França-Brasil.

 

Muitos aqui estou revendo e outros conhecendo pessoalmente.

 

Há 20 meses não nos encontramos, alguns colegas do nosso Grupo deixaram seus postos, tendo sido substituídos por novos membros, muitos aqui presentes.

 

Esse Clube de CEO´s é muito importante para a Câmara de Comércio França Brasil. Com o início da pandemia, Stephane Engelhard teve a iniciativa de mudar o seu formato para um “tour de table” e, em seguida, passamos a ter reuniões mensais. Nos momentos iniciais da pandemia e, face aos desafios que se apresentaram e se apresentam em nossas empresas, tivemos a oportunidade de trocar experiências e informações que, certamente, ajudaram cada um de nós na tomada de decisões. O objetivo é que esses encontros passem a ter o formato híbrido já em novembro deste ano.

 

Para os que estão chegando [e também para atualizar os demais membros], me parece importante trazer algumas informações a respeito da nossa Câmara.

 

Inicialmente, não custa lembrar, trata-se da Câmara de Comércio bilateral mais antiga em funcionamento no Brasil, com 120 anos de existência!

 

Em agosto do ano passado, sob a liderança de meu antecessor, Stephane Engelhard, tomamos a decisão de iniciar um processo de transformação da Câmara, e definimos que o primeiro passo seria a substituição da Diretora Executiva Nacional.

 

Ao assumir a Presidência da Câmara em novembro de 2021, dei seguimento ao projeto de transformação. Após processo competitivo, conduzido pela Michael Page, chegamos ao nome da Paula Frerejean, que ingressou na Câmara em fevereiro deste ano. Sem perda de tempo, com entusiasmo e muita precisão, Paula já está implementando as mudanças necessárias visando a transformação da Câmara.

 

No mês de março de 2021, a Diretoria de São Paulo iniciou estudos para definir um Plano Estratégico para a Câmara, sob a liderança do Frederic Donier, Diretor Tesoureiro – Obrigado Fred por ter aceitado meu convite para esse desafio.

 

Após 4 meses de trabalho da Diretoria, que tenho orgulho de presidir, com reuniões semanais e dois workshops, entrevistas qualitativas e quantitativas, submetemos o Plano Estratégico ao Conselho de Administração de São Paulo, o qual foi aprovado por unanimidade.

 

Em seguida, apresentamos o Plano aos nossos colegas das Regionais do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná, que estão avaliando a adoção do Plano em suas regionais, observando as suas respectivas particularidades.

 

O Plano definiu seis bandeiras transversais para a Câmara: 1. ESG, 2. Inovação e Tecnologia, 3. Solidariedade, 4. Apoio Apolítico na Valorização do Macro-Ambiente França-Brasil, 5. Integração ao Team France Export e 6. Cultura. E 10 iniciativas estratégicas que, como disse, já estão sendo implementadas. Dentre elas, buscar cooperação mais profunda entre as Regionais.

 

Criamos os cargos de “Chief Compliance Officer” e “Data Protection Officer” para dar mais transparência e fazer com que a Câmara observe a legislação brasileira sobre proteção de dados. O Código de Ética foi intensamente debatido pelas quatro Regionais e hoje está implementado, inclusive com a criação de um Comitê de Ética. Obrigado Chantal Pillet. Primeiro por ter aceitado meu convite para integrar a nossa Diretoria e, depois, pelo brilhante trabalho que vem desenvolvendo.

 

Dentro desse processo de transformação, criamos um Comitê Nacional de Inclusão e Diversidade, que é coordenado pela Erika Médici, que infelizmente não pode estar conosco hoje. Ela apresentará uma proposta dos objetivos, estrutura e funcionamento desse Comitê às demais regionais, para debates, em reunião que será realizada oportunamente, esclarecendo que sua proposta foi aprovada pela diretoria e pelo Conselho de Administração de São Paulo.

 

Identificamos, ainda, que a estrutura e a forma de funcionamento das Comissões temáticas da Câmara precisavam ser modernizadas. Criamos um Grupo de Trabalho com Philippe Boutand-Sanz, Vinicius Parmezani e Erika Medici, com a liderança da Paula Frerejean, o qual elaborou uma proposta que será apresentada às demais regionais oportunamente para debates. O objetivo é que as Comissões sejam mais ágeis e eficientes e passem a ser nacionais – com eventos híbridos – e representantes de cada Regional – salientando que as Comissões trabalharão em harmonia com a Business France, Consulados e a Embaixada. Lembro que essa proposta também foi aprovada pela Diretoria e pelo Conselho de Administração de São Paulo.

 

E, por último, mas não menos importante, estamos modificando inteiramente a governança financeira e de RH da Câmara, o que trará mais transparência, eficiência e previsibilidade nos controles financeiros e de RH. Agradeço Frederic Donier pela liderança nesse assunto.

 

Todo esse trabalho tem contado com o suporte dos meus colegas Patrick Sabatier [RJ], Hildeu Junior [MG] e Germano Paciornik [PR].

 

Finalmente, agradeço também o apoio do Serviço Econômico Regional da Embaixada – Sebastien Andrieux – e da Business France – Richard Gomes – que estão acompanhando esse gigantesco trabalho e trazendo valiosos comentários e excelentes sugestões.

 

Para concluir, peço que façamos um brinde à Câmara de Comércio França-Brasil.

 

Obrigado.

 

Pedro Antonio Gouvêa Vieira

 


 

^