Project FARM: A plataforma da Capgemini para pequenos agricultores

A Capgemini desenvolveu uma plataforma de dados inteligente chamada Project FARM (Financial and Agricultural Recommendation Models ou em tradução livre, Modelos de Recomendação Financeira e Agrícola). A plataforma foi projetada para otimizar a cadeia de valor agrícola. Reforçar o suprimento global de alimentos também faz parte da missão da plataforma.

Project FARM investe em tecnologias disruptivas

O Project FARM usa Inteligência Artificial (IA) para determinar os padrões de cultivo por meio de Big Data. Desse modo,  gera insights a partir dos dados para fazer recomendações. Além disso, a plataforma usa Machine Learning. A tecnologia permite que a plataforma seja aplicável em escala,conectando-a a telefones celulares. Esta solução foi criada em colaboração com a Agrics. A Agrics é uma empresa social que opera no leste da África. A empresa fornece aos agricultores locais produtos e serviços agrícolas a crédito.

Plataforma da Capgemini abordará questões sobre a demanda global de alimentos

Segundo dados de 2017 da ONU, a demanda global por alimentos aumentará em 60% até 2050. Afinal, uma grande porcentagem da população mundial é alimentada por pequenos agricultores. Principalmente em países em desenvolvimento. Esses países usam métodos tradicionais e práticas agrícolas rudimentares, de acordo com a FAO (Food and Agriculture Organization) das Nações Unidas. A complexa cadeia de valor e a falta de recursos e conectividade aumentam a ineficiência agrícola, portanto, existe uma forte necessidade de um pacote mais amplo de serviços de otimização de produtividade e redução de riscos para esses pequenos agricultores. O Projeto FARM, criado na Applied Innovation Exchange (AIE) da Zona de Colaboração (CoZone) da Capgemini na Holanda, tem como objetivo abordar essas questões.

Plataforma fornecerá insights personalizados para agricultores

Os dados e a análise do Project FARM são mostrados em um dashboard que fornece insights de grande utilidade. Por exemplo, os agricultores podem acessar conselhos personalizados para otimizar sua produção agrícola. E os padrões dos dados disponíveis fornecem à Agrics informações que podem ajudar a orientar a tomada de decisões comerciais e fornecer insights sobre os riscos potenciais dos negócios. As informações também podem ser fornecidas aos parceiros da cadeia de valor, principalmente fornecedores de insumos (como sementes e fertilizantes), bem como produtores e compradores, eliminando assim ineficiências.

Julian van Velzen, analista de dados da Capgemini que lidera o Project FARM, afirmou: “Para conectar com ciência de dados e Big Data as comunidades que se utilizam de métodos tradicionais de agricultura, a plataforma FARM foi construída para otimizar a cadeia de valor e reunir as partes como um ecossistema ao redor, uma verdadeira plataforma orientada a dados. Ela pode pavimentar o caminho para levar a agricultura automatizada a pequenos agricultores. Com a crescente disponibilidade de dados abertos e a diminuição dos preços de sensores e imagens de satélite, o futuro da agricultura será brilhante”.

Project FARM usa sistema de cloud computing para coleta de dados

O Project FARM coleta dados de várias fontes públicas e privadas, configura-os em um ambiente de Cloud Computing para hospedagem e executa modelos analíticos na mesma nuvem. A Agrics oferece dados sobre culturas cultivadas, rendimento potencial e realizado, perímetros de campo, crédito e reembolsos. Esta informação é combinada com dados do Copernicus, um programa da Agência Espacial Europeia. Para facilitar os dados do satélite, o projeto FARM está conectado ao projeto Sobloo, um Serviço de Acesso a Dados e Informações do Copernicus (DIAS ou Data and Information Access Service).

Como líder global na área digital, a ambição da Capgemini é ajudar a tornar a revolução digital uma oportunidade para todos e ser a ponte entre a tecnologia e a sociedade. O objetivo da Capgemini é expandir seu impacto social, atuando como Arquitetos de Futuros Positivos (no original: Architects of Positive Futures), com mais e mais projetos focados em permitir a Inclusão Digital.

Executivos falam sobre benefício do Project FARM

Violanda de Man, Gerente de Inovação da Agrics East Africa, disse: “O Project FARM oferece à Agrics uma excelente oportunidade para maximizar o valor para seus clientes – os pequenos agricultores – e para outros atores da cadeia de valor, como processadores e provedores de serviços financeiros. Por meio de nossas interações com os agricultores, estamos no topo de um enorme reservatório de dados. Agora, podemos transformar esses dados em insights significativos, o que nos permite fornecer produtos e serviços específicos em tempo e local para aumentar o rendimento e reduzir o risco no nível da fazenda e da cadeia de valor. O aumento da eficácia da cadeia de valor ajudará a melhorar diretamente a renda e a segurança alimentar das populações rurais”.

Lanny Cohen, Chief Innovation Officer da Capgemini, disse: “O Project FARM é um excelente exemplo do compromisso da Capgemini em promover mudanças positivas por meio de sua iniciativa ‘Architects of Positive Futures’ e de alavancar a tecnologia de IA com o objetivo de fornecer soluções para o mundo real. Estamos empolgados em colaborar com nosso ecossistema de parceiros para ajudar a resolver um dos principais problemas humanos existentes hoje – a escassez global de alimentos – apoiando pequenos agricultores”.

Sobre a Capgemini

A Capgmenini é um dos líderes globais em consultoria, serviços de tecnologia e transformação digital. A empresa, associada da CCIFB-SP, mantém-se na vanguarda da inovação. Essa inovação, no entanto, visa apoiar clientes, de maneira abrangente, em oportunidades de nuvem, tecnologias digitais e plataformas. Essas tecnologias estão em constante evolução.

A empresa possui um sólido patrimônio de 50 anos,  com profundo conhecimento específico em indústrias.Além disso, apoia organizações na concretização de suas ambições de negócios. Essas são realizadas por meio de uma completa gama de serviços. Esses serviços, no entanto,  cobrem desde a estratégia até a operação.

A Capgemini tem a convicção de que o valor da tecnologia para os negócios vem das pessoas e por meio delas. A multinacional francesa é uma empresa multicultural de 200 mil profissionais. Esses funcionários são distribuídos em mais de 40 países. Em 2018, o Grupo Capgemini reportou uma receita global de 13,2 bilhões de euros.

Fonte: Segs

^